BLOG E DICAS BY ANGE

Brincar tem um viés que vai muito além da simples fantasia. Enquanto um adulto vê apenas uma criança empilhando bloquinhos, para o pequeno aquilo significa experimentar as possibilidades de construir e conhecer novas cores, formatos e texturas.

 

"Para a criança, brincar é um processo permanente de descoberta.

Reunimos algumas recomendações de especialistas sobre as brincadeiras mais adequadas para cada faixa etária.

 

Até os 2 anos - Nesta fase, a brincadeira tem que estimular os sentidos. Correr, puxar carrinhos, escalar objetos, jogar com bolinhas de pelúcia são atividades recomendadas.

3 a 4 anos -Começam as brincadeiras de faz de conta. As crianças respondem a brincadeiras de casinha, de trânsito, de escolinha e de outras atividades cotidianas.

5 a 6 anos - Os jogos motores (de movimento) e os de representação (faz de conta) continuam e se aprimoram. Surgem os jogos coletivos, de campo ou de mesa: jogos de tabuleiro, futebol, brincadeiras de roda.

 

Brincar juntos. Compartilhar. Revezar. Dividir. Dar risada. Criar coisas juntos. São partes importantes de expressar as emoções, desenvolver amizades. A criança aprende noções que vai carregar para a vida toda.

Importância das brincadeiras

FAIXA ETÁRIA

Amizades